Medicina

Medicina

Um exame termográfico mostra uma diferença anormal da temperatura, indicando possivelmente o câncer da mama no peito esquerdo.

Imagens Térmicas para Aplicações Médicas

Hoje, a termografia infravermelha tem se tornado uma das técnicas mais eficientes para o estudo da temperatura da pele. As câmeras infravermelhas de alto desempenho é uma ferramenta de diagnóstico sensível para varias situações clínicas e experimentais, variando do exame para câncer de mama até cirurgia de coração aberto.

Infravermelho para Diagnósticos Médicos

Trinta anos de uso clínico e mais de 8.000 estudos revisados na literatura médica estabeleceram a termografia como um meio seguro e eficaz para examinar o corpo humano.

É completamente não invasor, e por isso não exige o uso de radiação ou de outros procedimentos potencialmente prejudiciais.

A investigação médica mostrou que a termografia é uma ferramenta útil para pesquisa assim como no diagnóstico do câncer de mama, desordens do sistema nervoso, desordens metabólicas, problemas no pescoço e nas costas, síndromes de dor, artrite, desordens vasculares, e ferimentos de tecidos suaves entre outros.

Foram executados muitos estudos termográficos que mostram o padrão normal antecipado de temperatura em uma imagem térmica, ambos em de estado estacionário assim como situações dinâmicas, como por exemplo, durante o aquecimento e esfriamento da pele.

As mudanças características nos padrões normais são associadas com diferentes fenômenos patológicos. Estas mudanças são as bases para poder realizar as investigações objetivas não invasoras, que são valiosas para o diagnóstico.

Fale Conosco